Tesouro Direto: venda de títulos públicos chega a R$ 3,8 bilhões em junho - Informação & Entretenimento
Continua após a publicidade..

Tesouro Direto: venda de títulos públicos chega a R$ 3,8 bilhões em junho


Programa permite compra de títulos públicos pela internet. Total de investidores ativos atingiu a marca de 2,25 milhões de pessoas no mês passado. Passo a passo para investir no Tesouro Direto de forma totalmente digital
Reprodução/Tesouro Direto
As vendas de títulos públicos por meio do Tesouro Direto somaram R$ 3,81 bilhões em junho deste ano, informou o Ministério da Fazenda nesta quinta-feira (20).
O Tesouro Direto é um programa, criado em janeiro de 2002, que permite a pessoas físicas comprar títulos públicos pela internet para investimento.
De acordo com o Tesouro Nacional, os resgates de títulos públicos somaram R$ 2,64 bilhões no mês passado.
Com isso, houve uma emissão líquida — ou seja, a diferença entre o valor das emissões no mês e o montante retirado de mercado — de R$ 1,18 bilhão.
As aplicações de até R$ 1 mil representaram 60,5% das operações de investimento no mês de junho, enquanto o valor médio por operação foi de R$ 6.299,28, acrescentou o governo.
Saldo total e número de investidores
Segundo o Tesouro Nacional, o saldo total (estoque) de títulos em mercado nas mãos de pessoas físicas somou R$ 118,1 bilhões em junho deste ano, contra R$ 116,1 bilhões em maio.
Em outubro do ano passado, o saldo ultrapassou a marca dos R$ 100 bilhões pela primeira vez.
Já o total de investidores ativos no Tesouro Direto, ou seja, aqueles que atualmente estão com saldo em aplicações, atingiu a marca de 2,25 milhões de pessoas em junho, um aumento de 36.120 no mês passado.
O número de investidores cadastrados no programa atingiu a marca de 24,67 milhões de pessoas, em comparação com 22,48 milhões pessoas no fechamento de 2022.

Deixe um comentário