Terroristas do Hamas afirmam que nenhum refém sairá vivo de Gaza se exigências não forem cumpridas - Notícias - Informação & Entretenimento

Terroristas do Hamas afirmam que nenhum refém sairá vivo de Gaza se exigências não forem cumpridas – Notícias


Os terroristas do Hamas afirmaram, neste domingo (10), que nenhum dos reféns sairá vivo “sem uma troca e sem o cumprimento das exigências” feitas a Israel.


Cerca de 240 pessoas foram sequestradas durante o ataque de 7 de outubro no sul do território israelense. A ação dos terroristas matou 1.200 civis e militares que estavam na região próxima da fronteira com a Faixa de Gaza.


A trégua de uma semana entre Israel e os terroristas do Hamas permitiu que pouco mais de cem pessoas retornassem para sua família. Em contrapartida, o governo israelense libertou cerca de 300 prisioneiros palestinos das cadeias do país.



O governo do Catar e os EUA tentam negociar uma nova suspensão dos ataques para que mais reféns sejam libertados. Estima-se que cerca de 130 pessoas continuem nos cativeiros subterrâneos dos terroristas.


Desde o fim da trégua, em 1° de dezembro, os ataques de Israel foram retomados no norte da Faixa de Gaza e foram intensificados no sul, região onde civis foram orientados a se abrigar.


A fronteira do Egito com a Faixa de Gaza é a principal passagem para a entrada de ajuda humanitária, como comida, água e medicamentos, e a saída de civis.






Deixe um comentário