Cientistas brasileiros criam drone híbrido capaz de voos autônomos em Marte - Informação & Entretenimento
Continua após a publicidade..

Cientistas brasileiros criam drone híbrido capaz de voos autônomos em Marte

A tecnologia é considerada inovadora por permitir uma capacidade de recarga das baterias hoje inexistente.

Os robôs que estão em Marte hoje utilizam painéis solares, e esse nosso pode recarregar através de energia eólica também. O diferencial do nosso equipamento está nessa recuperação de energia.
Alysson Nascimento de Lucena, pesquisador da UFRN e aluno de pós-doutorado em engenharia eletrônica e computação do ITA

Ilustraçao de como o vant vai funcionar em Marte Imagem: Reprodução/Arquivo pessoal

Hoje só há um tipo de drone em operação em Marte, que recarrega as baterias apenas por meio de energia solar, observa Lucena. Por conta disso, ele sofre com o excesso de poeira em suas placas de captação.

Isso o faz correr o risco de ser perdido por redução de eficiência ou mesmo falta de energia. Nesse modelo, o recarregamento das baterias fica cada vez mais comprometido, chegando ao ponto de ter que entrar em modo hibernação para que o robô não ‘morra’.

Para chegar até Marte, claro, o vant brasileiro tem de ser embarcado em uma nave-mãe; mas ao chegar lá poderá ser comandado de forma remota e fazer voos por vários dias seguidos.

Deixe um comentário